publicidade
Zagueiro Rafael Thyere comentou também sobre a felicidade com as conquistas do companheiro. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Zagueiro Rafael Thyere comentou também sobre a felicidade com as conquistas do companheiro. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Adryelson tem retorno comemorado pelo grupo do Sport

Klisman Gama

Klisman Gama

Ver perfil

Publicado em 24/06/2019 às 14:17

No retorno aos trabalhos após a folga no começo da pausa para a Copa América, o Sport conta com o retorno do zagueiro Adryelson. Ele se reapresentou junto com o restante do elenco na última sexta-feira após ser campeão com a Seleção Brasileira Sub-23 do Torneio de Toulon, na França. E essa volta faz com que a parceria com o zagueiro Rafael Thyere seja reeditada depois de três jogos em que o prata da casa esteve longe. A dupla tem sido feita desde o Campeonato Pernambucano.

LEIA MAIS

> Magrão chega ao terceiro dia sem dar sinais de reapresentação ao Sport

> Temos totais condições de subir de divisão’, diz novo atacante do Sport

> Após título pela seleção, Adryelson foca em conquistar acesso pelo Sport

“A gente ficou muito feliz que ele foi lá e fez um trabalho bem feito e conseguiu um título importante para a carreira dele. A gente fica muito feliz porque é um atleta novo, que tem um potencial muito grande, e é um atleta importante para o grupo. Mas vale ressaltar também que, tanto Cleberson quanto o Éder, que jogaram, tiveram oportunidade e foram muito bem”, comentou Thyere.

PREPARAÇÃO

O Sport iniciou os treinamentos de intertemporada visando a volta da Série B, em confronto contra o São Bento-SP no dia 8 de julho, em Sorocaba. Nesta pausa da Copa América, foram nove dias de folga para os atletas antes desse retorno. E no próximo domingo, o Leão já realiza o primeiro de dois amistosos contra o CSA, visando recuperar o ritmo de jogo para  Segunda Divisão. Teste aprovado pelo elenco, contra uma equipe de uma divisão superior e com nível técnico alto, tendo como comparação a média da Segundona.

“É importante continuar dando ritmo de jogo. A gente passou nove dias sem jogar e sem treinar. Agora voltamos com treinamento mais pesado. É importante ter esse amistoso para voltar a ter ritmo e poder dar o nosso melhor. E também por jogar contra uma equipe que está disputando a série A do Campeonato Brasileiro. Acho de muita importância para todo grupo poder tirar um pouco o peso do trabalho físico e técnico para colocar no amistoso, para que a gente possa voltar bem e dar continuidade no campeonato”, concluiu Rafael Thyere.


Veja também