publicidade
Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Sabia que seu WhatsApp pode ser bloqueado? Veja o que é preciso fazer para seguir usando o app

Vanessa Moura

Vanessa Moura

Ver perfil

Publicado em 07/01/2021 às 10:58

A partir do dia 8 de fevereiro, para continuar no WhatsApp os usuários deverão permitir o compartilhamento de seus dados com o Facebook. A novidade começou a ser divulgada na quarta-feira (6) através de avisos com as mudanças nos termos de serviço e política de privacidade.

De acordo com a notificação, quem utiliza o aplicativo de mensagens será obrigado a compartilhar o número de telefone, o endereço de IP, as interações realizadas, dentre outras informações

Veja notificação:

{'nm_midia_inter_thumb1':'https://imagens.ne10.uol.com.br/veiculos/_midias/jpg/2021/01/07/120x80/1_mensagem_recebida_whatsapp_06152229958234-17023036.jpg', 'id_midia_tipo':'undefined', 'id_tetag_galer':'1', 'id_midia':'5ff70f0b9c7a3', 'cd_midia':17023036, 'ds_midia_link': 'https://imagens.ne10.uol.com.br/veiculos/_midias/jpg/2021/01/07/mensagem_recebida_whatsapp_06152229958234-17023036.jpg', 'ds_midia': '', 'ds_midia_credi': 'Reprodução/XDA', 'ds_midia_titlo': '', 'cd_tetag': '14', 'cd_midia_w': '704', 'cd_midia_h': '1324', 'align': 'Clear', 'midias': [17023036], 'ds_midma_legen': {'0': '','17023036': 'Notificação enviada'}}

A mudança, segundo a empresa, ocorre com a intenção de promover uma integração maior entre o WhatsApp e as outras plataformas e serviços de Mark Zuckerberg, como as redes sociais Facebook e Instagram. As informações compartilhadas poderão servir para personalizar os anúncios exibidos ao usuário, além de oferecer sugestões de amigos, grupos, páginas e demais conteúdos.


publicidade

Apesar de acontecer sob a promessa de melhorar a experiência do usuário, essa atualização nos termos de serviço revelam uma mudança de postura da empresa. Em 2014, por exemplo, quando Zuckerberg comprou o WhatsApp, a empresa garantiu que a privacidade dos usuários do mensageiro seria mantida e não compartilhada com outras plataformas.

Em 2016, os dados começaram a ser compartilhados entre WhatsApp e Facebook, mas ainda assim, usuários podiam optar por não enviar as informações, o que não acontecerá nesta última atualização, sendo o compartilhamento de dados obrigatório para continuar utilizando a plataforma.


Veja também