publicidade

PCR e barraqueiros acordam requalificação dos quiosques das praias de Boa Viagem e Pina

jamildo

jamildo

Ver perfil

Publicado em 04/08/2020 às 17:00

Um “acordo de cooperação” entre a Prefeitura do Recife (PCR) e a Associação dos Barraqueiros de Coco do Recife (ABCR), assinado e publicado no Diário Oficial do Recife, nesta terça-feira (04/08/2020), deu sinal verde para a requalificação dos 60 quiosques localizados no calçadão das praias de Boa Viagem e do Pina.

As melhorias, coordenadas pela ABCR, visam não só causar impacto visual, com uma arquitetura moderna – e cores inspiradas na sombrinha de frevo pernambucana -, como transformar a vida dos trabalhadores dos quiosques, com reforço na segurança e na requalificação profissional, com a parceria do Sebrae e Senac.

Caberá à ABCR, ainda, a captação de investimentos por via de parcerias privadas, sem a utilização de recursos públicos para viabilizar as melhorias.

O último projeto de grande porte na orla recifense ocorreu há 11 anos.

Com o novo empreendimento, que nasce a partir do esforço dos quiosqueiros – uma luta que se iniciou dois anos atrás -, os quiosques vão ser contemplados com instalação de duchas, ampliação da área sombreada e banquetas para um maior conforto dos usuários.

A promessa é que seja uma obra rápida. Com período de construção, para cada uma das unidades, entre 15 e 18 dias. Num prazo máximo de seis meses, a partir do seu início, a orla estará transformada.

De acordo com os gestores, todos os cuidados estão sendo planejados para que a obra cause impacto mínimo no trânsito e aos frequentadores das praias.

“É um projeto estruturante e transformador, com as mudanças visíveis no contexto da engenharia, mas com o olhar especial para as pessoas que fazem parte desse contexto, das que trabalham e também daquelas que desfrutam a Orla”, destaca o coordenador do projeto, Sérgio de Pinho.

A presidente da Associação dos Barraqueiros de Coco do Recife, Josiane Bezerra, lembra a importância do projeto inovador que está próximo de ser colocado em prática, com uma nova vida às unidades, que tem sofrido muito desgaste nos últimos anos. Para ela, um presente para o cartão-postal mais célebre do Recife, a Praia de Boa Viagem.

“Agora vamos ter um quiosque bonito, com as cores da sobrinha de frevo, as mesmas da bandeira de Pernambuco. Estamos muito felizes de poder usufruir o que tem de melhor no nosso maior cartão-postal”, considerou Josiane Bezerra.

A vereadora Aline Mariano esteve ao lado dos quiosqueiros desde o início, com intuito de transformar a idéia em realidade. Ela diz que funcionou como catalisador nas conversas com o Secretário de Mobilidade e Controle Urbano do Recife, João Braga.

“Para todos nós, é uma satisfação ter estado ao lado da ABCR neste projeto. Travamos muitas lutas, com muitas audiências públicas, reuniões com associados, gestores públicos. E agora chegamos nesse ponto. É o que eu digo: política só faz sentido quando é um instrumento de transformação”, afirmou Aline Mariano.

João Braga foi figura central no processo. Ao longo dos últimos anos, ele vem organizando os espaços públicos da cidade, como o Mercado São José, só para citar um exemplo.

O projeto de requalificação dos quiosques envolve o crescimento profissional dos quiosqueiros. Assim, como forma de contemplar não apenas com a estrutura, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), em parceria, criaram um programa inédito, o “Orla Massa”, que contém um conteúdo específico, relativo às necessidades dos barraqueiros.

Com aulas de gestão, cozinha do mar, cozinha regional, boas práticas de manipulação de alimentos, preparo de doces e salgados e culinária japonesa. O projeto já tem 2.500 inscritos, que farão os cursos gratuitamente cujo financiamento do treinamento também se dará por parcerias privadas

“As capacitações realizadas pelo Sebrae terão como foco de trabalho, junto às empresas, os eixos de Empreendedorismo, Gestão da Qualidade, Gestão Financeira, Gestão de Clientes e Cultura da Inovação”, afirmou Alexandre Alves, gerente do Sebrae na RMR.

“Essa parceria é fundamental. A ideia é promover a inclusão e qualificação dos quiosqueiros para ampliar a profissionalização e reciclagem no setor, proporcionando o aumento da capacidade de gerar renda e emprego”, disse Maria Goretti, diretora de operações do Senac de Pernambuco.


Veja também