publicidade
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Ex-ministros de Temer mergulham na campanha de Bolsonaro em PE

Amanda Miranda

Amanda Miranda

Ver perfil

Publicado em 16/10/2018 às 16:16

Derrotados na eleição para o Senado em Pernambuco, os deputados federais Mendonça Filho (DEM) e Bruno Araújo (PSDB), ex-ministros da Educação e das Cidades do governo Michel Temer (MDB), respectivamente, entraram de vez na campanha de Jair Bolsonaro (PSL) em Pernambuco. Os dois gravaram vídeos de apoio ao candidato e, nessa segunda-feira (15), discursaram pedindo votos para ele na inauguração de um comitê para o presidenciável no Recife.

LEIA TAMBÉM
» Por que Haddad venceu Bolsonaro no NE, mas não nas capitais?
» Grande Recife terá atos a favor de Haddad e Bolsonaro no fim de semana
» Juristas se dividem entre Bolsonaro e Haddad
» Ibope: Bolsonaro tem 59% dos votos válidos e Haddad, 41%
» Rejeição a Bolsonaro é de 35% e a Haddad é de 47%

Ambos são opositores históricos do Partido dos Trabalhadores. “Passei 13 anos na oposição ao PT e nunca cedi a qualquer tipo de conveniência”, afirmou Mendonça Filho no Facebook.

Na quinta-feira (11), Mendonça havia publicado um vídeo nas redes sociais criticando o PT e afirmando que Bolsonaro seria a “esperança”.

Em discurso no último dia 7, no primeiro turno, Bruno Araújo anunciou que votaria em Bolsonaro. Antes disso, nos últimos dias antes de ser derrotado, gravou vídeos com aliados do presidenciável, como o senador Magno Malta (PR-ES), que também não foi eleito.

Bolsonaro perdeu em Pernambuco

No Estado, o vencedor foi o adversário de Bolsonaro, Fernando Haddad (PT), com 48,87% dos votos válidos, o equivalente a 2.309.104 votos. Bolsonaro conseguiu 30,57%, ou seja, 1.444.685 votos. Já no Recife, a capital, o resultado se inverteu: Bolsonaro teve 43,14% (383.895) e Haddad, 30,05% (267.389).

Na eleição local, a chapa apoiada por Haddad também venceu. O governador Paulo Câmara (PSB) foi reeleito no primeiro turno, com 50,70% dos votos válidos, e levou também os candidatos ao Senado, Humberto Costa (PT), que teve 25,76%, e Jarbas Vasconcelos (MDB), com 21,51%. Mendonça terminou em terceiro, com 19,58%, e o tucano em quarto, com 13,91%.

» TSE manda retirar vídeos de Bolsonaro sobre ‘kit gay’ das redes sociais
» Bolsonaro diz que seu objetivo é fazer o Brasil como ‘era há 40, 50 anos’
» Bolsonaro diz que capitães vão mandar no Brasil
» Haddad questiona ‘limite da loucura’ de Bolsonaro na campanha eleitoral
» ‘Por que não tiram o Lula da cadeia para debater comigo?’, diz Bolsonaro

Manifestações

Militares que apoiam Bolsonaro no Estado anunciaram na inauguração do comitê que estão organizando três carreatas em apoio a Bolsonaro no próximo domingo (21), uma na Imbiribeira, na Zona Sul do Recife; uma em Camaragibe e a outra em Paulista, na Região Metropolitana. Haverá também atos do MBL e do Vem Pra Rua na Avenida Boa Viagem.

Estão programados atos também em apoio a Haddad: na sexta (19), na Boa Vista, realizado por ativistas da comunidade LGBT; no sábado (20), pelo PT, partidos aliados e o grupo Mulheres Contra Bolsonaro, no Recife e em Petrolina; e, no domingo (21), em Olinda, de 18 blocos de Carnaval, incluindo os tradicionais Vassourinhas, Menino da Tarde e Eu Acho É Pouco.


Veja também