publicidade
Foto: Beto Barata/Presidência da República
Foto: Beto Barata/Presidência da República

Bruno Araújo nomeia aliado de Temer para área de saneamento

Amanda Miranda

Amanda Miranda

Ver perfil

Publicado em 29/08/2017 às 21:07

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, anunciou nesta terça-feira (29) uma troca na Secretaria Nacional de Saneamento da pasta. Sai seu aliado Olavo de Andrade Neto, que estava no cargo desde abril, e entra o engenheiro civil Antonio Henrique de Carvalho Pires, ligado ao presidente Michel Temer (PMDB).

Pires se envolveu em uma polêmica envolvendo o PMDB quando era presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), em 2016.

O engenheiro, formado pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), foi afastado do cargo pela ex-presidente Dilma Rousseff (PT), em meio à negociação do PMDB se continuaria no governo petista ou desembarcaria. Quatro meses depois, voltou, nomeado por Temer, de quem se disse “soldado de infantaria”.

Na semana passada, Bruno Araújo anunciou R$ 906 milhões para obras de saneamento na Região Metropolitana do Recife, em empréstimo à BRK Ambiental, nova empresa responsável pelas obras na Parceria Público-Privada (PPP) da Compesa, a companhia pernambucana da área.


Veja também