publicidade
Bill Gates. AFP PHOTO / Christof STACHE
Bill Gates. AFP PHOTO / Christof STACHE

Bill Gates investe US$ 50 milhões em pesquisas sobre Alzheimer

Renato Mota

Renato Mota

Ver perfil

Publicado em 14/11/2017 às 11:40

O cofundador da Microsoft Bill Gates anunciou nesta semana que está investindo US$ 50 milhões para financiar pesquisas sobre o tratamento da doença de Alzheimer. Em uma postagem em seu blog, Gates disse que estava fazendo o investimento com sua fortuna pessoal, e não através da sua fundação Bill & Melinda Gates.

“De todos os distúrbios que nos afligem no final da vida, um se destaca como uma ameaça particularmente grande para a sociedade: a doença de Alzheimer”, disse Gates. “Os cientistas ainda precisam descobrir o que exatamente causa o Alzheimer ou como impedir a doença de destruir o cérebro”, afirmou. “Nos Estados Unidos, esta é a única entre as 10 principais causas de morte que não conta com nenhum tratamento significativo”.


publicidade

Leia mais
Bill Gates destaca avanços contra pobreza, mas ainda com muito a fazer
Bill Gates reúne um bilhão de dólares para energias limpas

Gates disse que estava investindo US$ 50 milhões no Dementia Discovery Fund, com sede em Londres, um empreendimento público-privado que apoia pesquisas inovadoras sobre demência. O filantropo bilionário disse que encontrar tratamento para a doença de Alzheimer, que afeta quase 50 milhões de pessoas em todo o mundo, é particularmente urgente, uma vez que uma melhor atenção médica significa que as pessoas estão vivendo por mais tempo.

“Nós vimos a inovação científica tornar males que eram antes sentenças de morte, como o HIV, em doenças crônicas que podem ser mantidas sob controle com medicação”, disse. “Eu acredito que podemos fazer o mesmo (ou melhor) com a doença de Alzheimer”.


Veja também