publicidade
Daniel Almeida Fotografia/Divulgação
Daniel Almeida Fotografia/Divulgação

Fotógrafo pernambucano posta uma imagem por dia para ensinar técnicas e dar dicas

Renato Mota

Renato Mota

Ver perfil

Publicado em 13/11/2017 às 14:01

O desafio: postar uma foto por dia, durante um ano, utilizando sempre técnicas, acessórios e composições diferentes – e sem a ajuda de um estúdio profissional, mas com objetos que podem ser encontrados em casa. Não só isso, mas publicar também o “making off” das imagens com todos os detalhes que os amantes da fotografia gostariam de saber.

Este é o projeto 365 (#projeto365), realizado pelo fotógrafo recifense Daniel Almeida, que trabalha há 8 anos no segmento – especialmente com a fotografia social, se especializando no mercado de fotografia de arquitetura – mas que tem aproveitado o projeto para explorar novas técnicas e ferramentas.

Todos os dias, Daniel posta em sua conta no Instagram (@daniel_almeida_fotografia) uma imagem, sempre com a tag #projeto365 onde detalha como a foto foi feita e qual equipamento foi usado.

“Comecei enxergando a fotografia como a possibilidade de eternizar uma história, com o poder de levar as pessoas de volta a momentos, resgatando sentimentos e sensações”, conta Daniel. Com o 365, ele quer ajudar aqueles que se interessam pela fotografia, através da utilização de flashes portáteis, “equipamentos que muitas vezes são bastante temidos, principalmente para os fotógrafos iniciantes”, completa.

O desafio já passou da metade, e nas mais de 300 fotos postadas no Instagram, foram usadas técnicas de composição, fotografia noturna, light painting e mais.


publicidade

 

Daniel Almeida Fotografia/Divulgação

“As fotos que realizei de “gravidade zero” são as que levo um tempo maior, pois exigem uma pós-produção mais minuciosa. Uma das fotos que meus seguidores mais comentam é a do Domingo de Páscoa, com as barras chocolate caindo (ou flutuando) na sala da minha casa. Interessante é que para este dia eu havia preparado outra foto na noite anterior, mas especialmente neste Domingo acordei e veio a ideia, então meti a mão na massa”. lembra.

MONTANDO A FOTO

Cada imagem é idealizada, geralmente, na véspera – e no fim da sessão, é feita a foto do setup utilizado. “Esse último clique geralmente é postado no dia posterior a foto Final. “Na maioria das vezes, a foto é realizada feito ‘caldo de cana’, preparada para consumo imediato. Quando tenho a oportunidade de viajar nos feriados, consigo concretizar uns 2 ou 3 cliques, que são aproveitados ao longo do projeto”, conta Daniel.

Daniel Almeida Fotografia/Divulgação

Um “personagem” frequente das fotos é Tony, o schnauzer da família, que serve de modelo. “Os seguidores gostam quando ele aparece nas fotos se torna uma forma descontraída e divertida de demonstrar a técnica. “Fico feliz com a repercussão do projeto, minha conta no Instagram tem crescido diariamente com novos seguidores, e sempre aparece gente nova agradecendo as dicas que tenho transmitido”.

O 365 tem data para acabar: 31 de dezembro de 2017. Mas Daniel conta que vem pensando em como continuar este trabalho de ajudar os apaixonados por esta arte após o fim do ano. “Atualmente este projeto também tem me ajudado muito divulgando o meu trabalho e isso me deixa cada mais otimista e motivado”, afirma.


Veja também